JFest – Maria Carolina Trevisan – Jornalismo, direitos humanos e colaboração

Maria Carolina Trevisan, 41, é jornalista especializada na cobertura de direitos humanos, políticas públicas sociais e democracia. É colunista do UOL. Foi repórter especial da Revista Brasileiros, colaborou para IstoÉ, Época, Folha de S. Paulo, Estadão, Trip e Marie Claire. Trabalhou em regiões de extrema pobreza por quase 10 anos e estuda desigualdades raciais há oito anos. Coordena a área de comunicação do projeto Memória Massacre Carandiru e é pesquisadora da Associação Nacional de Direitos Humanos, Pesquisa e Pós Graduação. É coordenadora de projetos da Andi – Comunicação e Direitos. Em 2015, recebeu o diploma de Jornalista Amiga da Criança por sua trajetória com os direitos da infância.Faz parte do conselho do Programa InFormação, que atua na formação de jornalistas. Carolina foi uma das juradas do Prêmio Garcia Marquez de Jornalismo e do Prêmio Abdias Nascimento de Jornalismo, focado em temas ligados às questões raciais. Também coordenou a última edição do Concurso Tim Lopes de Jornalismo Investigativo, que premia pautas sobre violência sexual. É uma das fundadoras do site Ponte (especializado em justiça, segurança pública e direitos humanos) e da rede Jornalistas Livres (focada em democracia e direitos humanos). Atuou por oito anos em zonas de extrema pobreza do Brasil, com a Fundação Kellogg, em projetos sociais de enfrentamento à pobreza e ao racismo; e com o direito à literatura, para o Instituto C&A, coordenando o Movimento por um Brasil Literário e o projeto Escola de Leitores. Em 2007, ganhou a bolsa de estudos do programa Emerging Leaders International Fellows Program, no Centro de Filantropia e Sociedade Civil, na CUNY, em Nova York, onde estudou comunicação em fundações comunitárias.
Podcast: Palestras

Evento: JFest - palestra com Maria Carolina Trevisan (teatro do prédio 43 no campus Coração Eucaristico) - dia 15/05
Gravação: Equipe do Laboratório de Áudio 
Imagem: Camilla Leão (Lab Foto - campus Coração Eucarístico)