Último Volume 006 – Lúcio

Com pouco tempo de carreira e um talento sem limites, Lúcio, cantor e compositor belo horizontino, já venceu, consecutivamente, duas edições do “Festival da Canção”, realizado pela PUC Minas. Sempre sensível aos acontecimentos ao redor, Lúcio harmoniza melodias marcantes a letras poéticas que encantam ouvidos alheios.

Noise Gate 010 – primeira metade dos anos 2000

Aqui você confere 4 álbuns do início dos anos 2000: MF Doom – MM..FOOD, Wilco – Yankee Hotel Foxtrot, Fugazi – The Argument e Death From Above 1979 – You’re A Woman, I’m a Machine.

Lista 1 022 – Urias, Pabllo Vittar e Gloria Groove

Neste episodio Marcelo Santos comenta os EP’s que foram lançados recentemente da Urias, Pabllo Vittar e Gloria Groove.

LISTA 1 021 – Entrevista com T Black Deejay

Nesse episodio do Lista 1 Marcelo Santos entrevista o DJ Murilo Rodrigues, mais conhecido como T Black Deejay que nos apresenta um pouco sobre a correria de um DJ de Belo Horizonte.

Último Volume – Tamino

Com a voz marcante e um estilo musical que une as ancestralidades libanesas e egípcias ao grunge, estilo musical que teve seu auge nos anos 90, Tamino Amir Moharam Foaud, cantor belga, apresenta a sua arte ao mundo.

Noise Gate 009 – O retorno do My Chemical Romance

O Noise Gate de hoje comemora a volta do My Chemical Romance, com Matheus conduzindo um pouco da história da banda de Newark, tocando seu magnum opus “The Black Parade” na íntegra, além de contar detalhes da produção do disco. Bora escutar?

LISTA 1 EP 020 – Prêmio Multishow 2019

Marcelo Santos convida Hian Grylls para comentar a premiação da Multishow 2019 que aconteceu na ultima terça feira do mês de outubro.

LISTA 1 019 – Faixa a Faixa (Mais do que os olhos podem ver – Jade Baraldo)

Neste episódio do Lista 1 que agora acontece ao vivo, Marcelo Santos realizou um faixa a faixa comentando as 10 musicas que compõem o primeiro álbum da cantora Jade Baraldo.

Noise Gate 007 – Pré-retrospectiva 2019

O ano ainda nem terminou mas dá pra fazer uma playlist muito boa: GREY Area de Little Simz, Morbid Stuff de PUP, Titanic Rising de Weyes Blood e There existed an addiction to blood do Clipping. 

Último Volume 004 – Eliza

Do pop retrô ao Reggae e Jazz contemporâneo, é assim que podemos definir a evolução da carreira de Eliza. A cantora britânica já lançou três álbuns em dez anos de carreira, e o último deles reflete todas as mudanças na vida pessoal da artista, causando uma grande transformação em sua carreira.